Governo de SC Secretaria da Fazenda de SC
Credenciamento > Procedimento Imprimir E-mail

(Texto atualizado em 19/04/2010)  

O credenciamento para uso da NF-e  na Secretaria da Fazenda de SC está aberto às empresas abrangidas pela obrigatoriedade de uso,  às indústrias e atacadistas que optarem pela NF-e em substituição ao NSU - Número Seqüencial Único e para empresas contribuintes do ICMS que quiserem aderir voluntariamente ao sistema e que tenham perfil adequado ao uso. 

O processo de credenciamento  é constituído de duas fases: a primeira é a fase de credenciamento para testes e emissão simultânea de NF-e com as notas modelo 1/1A. Atualmente, o ambiente de testes é franqueado a qualquer contribuinte com inscrição estadual ativa, independentemente de prévio credenciamento; a segunda é a fase do credenciamento final de uso(produção), que será concedido  para aquela empresa que alcançou os parâmetros técnicos e operacionais necessários para a emissão definitiva da NF-e em produção.

A forma de credenciamento é exclusivamente eletrônica e acessada pela Internet na página oficial da SEF,  no Portal do S@T, pelo aplicativo Cadastro-Alteração. O credenciamento final de uso (produção) deverá ser solicitado exclusivamente pelo  contabilista responsável.

Acesse o S@T em: http://tributario.sef.sc.gov.br/tax.Net/NovoLogin.aspx

Para solicitar o credenciamento proceda assim: estando no S@T selecione no menu de Perfil Contabilista - Serviços è DFE – Credenciamento Voluntário e vá informando os dados solicitados nos três passos descritos a seguir:

Passo 1/3: A identificação do solicitante é o número da IE. Clique em Pesquisar;

Passo 2/3: Selecione o tipo de Documento Fiscal Eletrônico (o padrão é NF-e). Clique em Confirmar;

Passo 3/3: Será exibida  uma mensagem de alerta. Selecione “SIM” para “CONFIRMAR” o credenciamento voluntário como empresa usuária de NF-e ou “NÃO” para desistir da solicitação.  Este é o passo final!

O prazo para liberação do ambiente de produção será de até 2 (dois) dias úteis.

Através da Consulta  Cadastro (http://tributario.sef.sc.gov.br/tax.Net/conssc_sitcad.aspx) o contribuinte poderá identificar a situação do estabelecimento quanto à obrigatoriedade de uso da NF-e. Haverá a descrição Credenciada a Emitir Nota Fiscal Eletrônica - NF- para àquela empresa com uso voluntário ou já obrigada ao uso da NF-e;

A credenciada será comunicada sobre abertura do ambiente da Sefaz Virtual/RS, através do endereço eletrônico do contabilista, informados no cadastro da Secretaria de Estado da Fazenda.Para maiores detalhes, conheça a Portaria SEF nº 048/2010, de Credenciamento do Emissor da NF-e de SC, em:  http://200.19.215.13/legtrib_internet/html/Portarias/2010/Port_10_048.htm

Para maior detalhamento do credenciamento acesse na aba Downloads deste portal, o Guia Rápido para Credenciamento da NF-e, em: http://nfe.sef.sc.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=39&Itemid=39 

No pedido de uso da NF-e o credenciado catarinense seguirá as regras técnicas estabelecidas no  Manual de Credenciamento da Sefaz Virtual/RS.  Para maiores detalhes dessas regras, conheça a última versão do Manual de Credenciamento da Sefaz Virtual/RS, download :http://www.sefaz.rs.gov.br/Site/MontaMenu.aspx?MenuAlias=m_dwn_nfe_cred

Lembramos que o ambiente de produção é de uso exclusivo daqueles estabelecimentos usuários regulares da NF-e e a autorização de uso implica nas obrigações tributárias decorrentes da operação registrada

Dúvidas deverão ser sanadas através da Central de Atendimento Fazendário 0300 645 1515 ou pelo contato com o seguinte endereço eletrônico: Este endereço de e-mail está sendo protegido de spam, você precisa de Javascript habilitado para vê-lo

 
 
 

Desenvolvedor -CIASC - © 2007